Visão de Saúde

Segundo Rudolf Steiner saúde é o equilíbrio entre as forças do viver e do morrer, é um equilíbrio dinâmico presente em cada movimento, respiração, pensamento ou atitude, ilumina os campos do pensar, do sentir, e da vontade sendo traduzidos em vários âmbitos. 

No SISTEMA NEURO SENSORIAL ancora a presença, a clareza do pensar 
No SISTEMA RÍTMICO ancora o equilíbrio entre as forças dos sistemas neurossensorial e metabólico, promovendo o bem sentir e o bem querer 
No SISTEMA METABÓLICO as forças do viver, através da nutrição e do sono, e do movimento. 

Saúde não se traduz pela ausência de adoecimento como na medicina ocidental clássica, mas se orienta pela presença de um EU superior encarnado na matéria, permeando a vida e se relacionando com ela, em todos os seus âmbitos, permitindo a aproximação de seu corpo de todos os limites sem no entanto perder-se neles. 

Passar por tudo, pelos momentos, pelos dias e pelas doenças inclusive, as vezes criando a própria doença para equilibrar partes ou sistemas inteiros, como no caso das febres e doenças próprias da infância. Então não se torna possível definir se alguém é saudável se ele nunca deparou-se com qualquer doença. 

Para mim saúde é viver presentemente as bordas e o meio, é saber-se vivo
e melhor após cada desafio físico ou emocional. É reconstruir-se, deixar morrer e deixar nascer todos os dias.

ESPECIALIDADES