Histórias de Vidas

Mais sobre Medicina Antroposófica

Uma das principais características Medicina Antroposófica é a abordagem centrada no paciente a partir de uma concepção de saúde que valoriza sua individualidade e considera que as dimensões emocional, mental e espiritual são tão relevantes quanto a dimensão corpórea nos processos de adoecimento. Ênfase especial é colocada na busca pelo envolvimento do paciente direta e ativamente em seu processo de prevenção, tratamento e recuperação do bem estar por meio de atividades de educação e autoeducação para o cuidado.

A abordagem terapêutica pode incluir medidas não medicamentosas gerais ou específicas e indicação de tratamentos complementares pelas terapias antroposóficas, como também a combinação de medicamentos antroposóficos, homeopáticos, fitoterápicos ou convencionais. A salutogênese é um componente muito relevante da Medicina Antroposófica.

Os medicamentos antroposóficos podem ser utilizados sob a forma de medicação oral, injeções subcutâneas ou intravenosas. Alguns tratamentos externos consistem em envoltórios, compressas e banhos com o uso de calor, movimentos e ou óleos essenciais de algumas plantas.

Em nossa clinica utilizamos esses preceitos há 20 anos, obtendo uma integração humana e singular entre o medico e o paciente, o paciente e sua própria jornada através da construção de sua autobiografia, da compreensão de seu Universo através das visões trimembrada, quadrimembrada, heptamembrada de seu corpo , da Natureza e do Cosmo.

A visão de um Eu individual e de sua Natureza Superior, traz um novo entendimento ao paciente sobre o que se conhece habitualmente como processos de Adoecimento e Cura; nos fazendo refletir profundamente sobre o que mecanicamente temos na atualidade entendido como Saúde.

A Antroposofia é uma ciência vasta e se estende aos campos da Pedagogia, Ciências Sociais, Agricultura, Odontologia, Psicologia, e pode prescindir de terapias auxiliares como a Euritmia Curativa, a Terapia Artística e a Massagem Rítmica entre outros.